Partimos de Rovanieme sob uma nevasca e fomos em direção ao famoso hotel Iglu da internet: o Kakslauttanen Arctic Resort
Na Lapônia finlandesa – terra do Papai Noel como já relatamos aqui – está localizado o o Resort, um hotel que oferece cápsulas de vidro para a observação da aurora boreal. O fenômeno, pode ser admirado do conforto da cama quentinha enquanto no lado de fora as temperaturas chegam a 40ºC negativos.

Walber Piva no Kakslauttanen Arctic Resort na Finlandia

No Kakslauttanen Arctic Resort há habitações de estilo chalé e de estilo iglu para observação da aurora boreal.
O hotel dispõe de unidades estilo chalé, nas quais a área do quarto é envidraçada, e estilo iglu, em que toda a estrutura é de vidro anti-orvalho, que permite a visão com nitidez da paisagem, com cama e banheiro (dependendo do tamanho). Para hospedar-se em um chalé para até dois adultos, é necessário desembolsar bastante, não é barato e o serviço é precário demais para o preço.

Tem que se desligar da idéia de conforto de uma acomodação albergueira e cair no espírito aventureiro de uma viagem, o que fizemos. Por que desde a chegada ate a partida foi tudo um desastre.
Nos chalés, a área do quarto é envidraçada para que os hóspedes possam admirar o fenômeno deitados na cama. Não era o nosso caso, nosso chalé faltava e tivemos que nos deslocar porque era um quarto simples demais, quase pobre. Além de terem dito que existia tal cúpula de vidro (e não nos dado), os chalés têm outros destaques, como a decoração de estilo rústico. Pobre, e se quiser acender a lareira tem que desembolsar dinheiro para comprar lenha também, e não é barato, tendo disponível na chegada apenas uma quantidade mínima para “fazer graça”. Na verdade não acho que valha a pena. Os chalés não valem o valor caro que se desembolsa e os iglus, vale apenas a idéia do teto de vidro, porque não é higiênico (não oferecem serviço de quarto nos iglus, lembrem-se), não é bem cuidado, o banheiro minúsculo (quando se tem) e para tomar banho tem que sair no frio (salvo a nova ala que construíram) pelas estradas escuras (a falta de iluminação para não atrapalhar a visibilidade aqui peca… um desastre).

Disseram que os restaurantes e bares do complexo também possuem teto envidraçado, para que as pessoas não percam nenhum momento do fenômeno polar. Mas eu não lembro de ter visto isto não, e se come mal. Café da manha pobre e não da para encontrar restaurante perto para compensar isso não.

Walber Piva no chalet do Kakslauttanen Arctic Resort – Finlandia

A internet não chega nos quartos, nos iglus, em lugar nenhum que não seja a recepção, e a recepção fecha, então se você quer falar com alguém via internet depois das 23 horas, só mesmo se ficar no frio em frente à recepção (se eles esquecerem o modem ligado). Também não tem telefones nos quartos, então qualquer emergência ou mesmo reclamação, tem que comparecer na recepção. E se for alta noite… Já sabe.
Mas ligamos para isso?
Não.

Monica Wadt no chalet do Kakslauttanen Arctic Resort – Finlandia

Chegamos tarde, nossa chave estava pendurada na porta da recepção, porque os proprietários foram embora, tadinhos. Pegamos a chave e saímos a procura de nosso quarto, não foi fácil, no meio da neve e escuridão. Estávamos cansados e já tínhamos visto aurora boreal demais, chega destas luzinhas malucas que passam quando querem e como querem… hahahahahahaha

Os Iglus Kakslauttanen Arctic Resort – Finlandia

Mentira, a Aurora você pode ver 100 vezes que vai ser encantar nas 100, é incrível, mas queríamos aproveitar o dia também. Queríamos aproveitar a neve, os esportes, o passeio. e fizemos tudo. Monica é a companhia perfeita, não se prende aos defeitos, vê qualidades até onde não tem e bola pra cima, vumbora se divertir e nos divertimos muito.
Então para resumir, o Hotel não vale o preço que pagamos, mas como ainda não tem alternativas iguais ou superior (que não é difícil de termos em alguns anos) então pelo menos uma vez na vida, experimente. Só não reclame… Nós avisamos 🙂

Walber Piva no Kakslauttanen Arctic Resort - Finland

Walber Piva no Kakslauttanen Arctic Resort na Finlandia