Portofino em Um dia (e em seguida daremos dica para dois dias)

Destinos imperdíveis em Portofino

Destinos imperdíveis de hoje vai mostrar como é possivel ir para um dos destinos mais imperdíveis e exclusivos da Italia: Portofino.
Portofino é uma cidadezinha na costa norte mediterrânea Italiana na região da Liguria. Fica a 180 km de Milão para quem vem passando por Genova, que é o aeroporto mais próximo (e porto também) que fica a 35 kilometros apenas de Portofino.
Já teve o nome, na época romana, de Porto dos Golfinhos (devido aos vários golfinhos na região, e ainda há alguns até hoje). Era uma pequena Vila de pescadores que fez parte da republica de Genova, da França com a invasao de Napoleao Bonaparte, da republica da Liguria, do reino da Sardenha e por fim, da Itália unificada. Hoje é uma das joias mais valiosas não só da costa Italiana mas de todo mediterrâneo.
Mas agora vamos começar a dica de como chegar nesta joia tão valiosa.

Nossa dica será de quem quer vir de Milão (Milano), mas a partir do momento que chegar em Santa Margherita Ligure, ela passa a servir a todos.

A partida de Milano tem que ser cedo, para que se possa aproveitar cada minuto em Portofino. E quem vai ajudar a relatar essa experiência é Luiza. Luiza Zimmer é capixaba, modelo e tem trabalhado para diversas casas de moda em Milano. A gente combinou de fazer um roteiro onde qualquer viajante possa fazer, seja mochileiro ou uma família em viagem pela Italia. Luiza Comprou o bilhete de trem um dia antes da viagem e já estava super empolgada em compartilhar tal experiência, pois era a sua primeira vez em Portofino.
Luiza as 7:00h já estava na estação de Milano Centrale para as 7:25 pegar o trem para Santa Margherita Ligure/Portofino. Existe o trem das 7:10 também mas ele não é direto – o das 7:25 sim. O bilhete custou (julho 2018) 15 euros e são 2:45h de trem.Como todo lugar chique e tranquilo da Itália, o trem não faz acesso, mas precisa chegar ate uma cidade próxima e usar algum outro meio de transporte, e Portofino a chegada por trem se faz por Santa Maria Ligure. Porém isso não é desvantagem para quem quer conhecer o máximo de lugares possíveis (e interessantes) nas férias e Santa Margherita também tem seu charme e seu valor.

Walber Lucio Piva e Luiza Zimmer em Santa Margherita

Ao chegar em Santa Margherita as 10:10 da manhã Luiza veio ao meu encontro no coração do centro histórico da cidade, onde temos uma loja Antica Sartoria e ali passamos para que ela conhecesse e depois passearmos, já que tínhamos programado de passar uma hora ali antes de partir para Portofino. A Igreja de Santa Margherita é linda, vale a visita e garante belas fotos. O centro histórico também. O porto turístico e a costa também proporcionam belas fotos e mesmo junto ao porto temos o quisque onde se compra o bilhete e de onde parte o ônibus para Portofino ( Piazza Martiri della libertà) .

O bilhete custa 3 euros se feito fora e 4 euros dentro do ônibus – Atento que diversas cidades italianas os ônibus não fazem bilhete no veiculo, mas apenas em autorizadas.
Já no Ônibus, agora são 45 minutos até Portofino. Partimos as 12:10 e teremos 5 horas para passear em Portofino, é o bastante. A estrada é cheia de curvas e a dica que damos é de sentar ou permanecer em pé para o lado esquerdo do ônibus para que possa ver a paisagem incrível e as vilas (mansões) a beira mar. A do ex premier Berlusconi se sobressai e a cor do mar impressiona.

Você segue até o ponto final do ônibus e já ao descer vais notar o quanto Portofino é pequeno: Hà apenas uma rua – a principal que vai da montanha (onde não há nada a não ser vilas e alguns hotéis) até o porto Turístico (100 metros do ponto) que é a maior atração de Portofino. Caminhando entre lojas de grandes marcas e pequenos restaurantes e mercadinhos, você chega e ali praticamente acaba a cidade (depois você acaba descobrindo que tem muito mais, como ruelas paralelas, e uma subida para a montanha em frente onde estão atrações que irei relatar já já).

O porto explode a sua vista com seus prédios coloridos, restaurantes chiques, os barcos que vão do mais simples barco de pesca aos mais importantes iates do mundo. O ar fino que Portofino tem faz jus ao nome escolhido para esta pequena vila de pescadores que se tornou um dos lugares mais exclusivos e chiques do planeta. E temos uma loja Antica Sartoria ali também, além de uma casa de apoio a qual aproveito sempre que vou a cidade. Estava rolando uma sessão fotográfica no Porto para a coleção de 2019 de Dolce e Gabbana. Bem interessante
Passear pelo porto, tirar bastante foto, aproveitar todo aquele cenário cinematográfico da fome e pra quem quer comer há desde um “panino” na salumeria na ruazinha principal, a um supermercado na ruela paralela onde você pode comprar e montar seu lanche, ou sentar num restaurante – o que pode ser perigoso já que alguns praticam preços bem altos e porções bem pequenas.

Luiza Zimmer passeia pelo porto de Portofino vestida de Antica Sartoria

Para um passeio de um dia eu desaconselho em qualquer lugar sentar para almoçar pois vai se perder umas duas horas entre o ordenar, a espera e o comer (alem do tempo para pagar a conta) A não ser que quem esta fazendo o passeio ache importante relatar/registrar os pratos locais. Pois sentar e almoçar em Portofino também rende lindas fotos e um momento único. Se por acaso queira a experiência, aconselhamos entre tantos o “ La Gritta” onde pagamos 13 euros no prato de pasta maravilhoso ou 12 numa salada – mas  Luiza não resistiu a salada especial de 18 euros que era linda, gostosa e enorme.

Luiza Zimmer Almoçando no La Gritta em Portofino

Já são 15:00 e temos ainda duas horas de passeio. Depois de varias fotos pelo porto chega a hora de se sacrificar um pouco e conhecer 2 pontos panorâmicos: Um gratuito e um a pagamento (5 euros). Da para fazer os dois. E cada um tem seu ângulo sobre a cidade – apesar de serem um pouco parecidos.

O gratuito é a praça em frente a Igreja de São Jorge. Como acesso vc pode pegar a rua que sobe a direita do porto, entre os restaurantes, ou pelas escadas após o Museo Del Parco, que é um jardim com umas esculturas super intrigantes. São 5 a 10 minutos de subida e tem uma vista linda para o porto e também para o mar aberto, onde se você tiver sorte verà golfinhos saltando. Nas águas do mar da Liguria. De là terás tuas fotos mais bonitas de Portofino, mas isto se não fores a segunda atração: O castel Brown (Antigo Castelo de São Jorge).

Walber Lucio Piva e Luiza Zimmer em Portofino

O Castel Brown em Portofino

O castelo fica mesmo emfrente ao Porto e da a vista mais bonita da cidade. Uma foto no terraço do Castelo fica linda, mas tem que ter a sorte de não estarem alugados para casamentos ou outros eventos, muito comum nos dias de sol. O Castelo ainda é aberto a visitas e tem exposições de arte. É a pagamento mas os 5 euros vale a pena.

A Bellissima vista de Portofino feita do Castel Brown

Voltamos a “piazza”, já são quase 17:00h e esta na hora de partir de volta a Santa Margherita. O Onibus parte as 17:15 e vai até a estação (ponto final) por quase uma hora. Então pode comprar o bilhete para 18:30  e antes das 22:00 estarás em Milano, satisfeito com o lindo passeio que fizeste.
Porém nos ficamos aqui e no próximo relato contaremos como é passar uma noite em Positano (mesmo dormindo em Santa Margherita que é mais acessível) e a praia pela manha…
Até a o próximo destino imperdível.